Projecto Francesinha Um Projecto de bem comer a norte

21Sep/113

Cafe Lali – Francesinha Rustica

francesinha_lali-300x235

Mais uma noite de Verão nesta cidade que encanta todas as almas que por cá passam. Uma noite iluminada quase por completo por uma rodela quase completa do nosso satélite natural. Condições ideais para mais uma descoberta do Projecto Francesinha. Desta feita os quatro elementos estão motivados para uma aventura na outra margem do Rio Douro. O destino leva-nos até à zona da Madalena. Local de praias, esplanadas e cafés bem tradicionais. O destino já estava escolhido. O Café Snack-bar Lali muito comentado pelos apreciadores de Francesinha. Como tal o Projecto não poderia passar ao lado deste local.

O trajecto estava a ser calculado. Em 30 segundos estamos prontos a partir. Depois de passar a ponte a aventura rodoviária começa de verdade. Um infindável emaranhado de ruas, travessas e vielas surge no nosso caminho. Nada que atormente ou desconcentre o nosso ajudante electrónico de navegação. Chegamos a uma rua estreita e repleta de carros estacionados.
De fora um Café simples e com aspecto familiar. Uma esplanada para aproveitar os dias solarengos de Setembro. Entramos, o aspecto interior condiz com o exterior. Rapidamente nos perguntam se estamos ali para 'as Francesinhas'. Respondemos positivamente. Assim sendo, somos encaminhados para uma sala na parte de trás da casa. Uma sala acolhedora, com decoração rústica. Olhamos em volta e reparamos que existe um forno que esta a ser aquecido.
Sem menu e sem rodeios é-nos perguntado se queremos Francesinha. Estamos lá para isso. Pedimos Francesinha com batata e ovo. Vamos pondo a conversa em dia e reparamos que surgem mais alguns comensais para outra mesa. Até então estavamos sozinhos na sala. A conversa continua, vamos trocando impressões sobre a vida, os dias passados e quais serão os próximos passos deste Projecto.
De notar um atendimento preocupado e atento. Nitidamente um espaço familiar com o saber de servir passado de geração em geração. O Projecto Francesinha gosta disto.
Da mesa temos a percepção que as amarelinhas saltam para o forno a lenha em pratos de barro. Estão quase prontas.
Chega à mesa uma travessa de batatas com muito boa cor. Apesar de congelada tinha um sabor agradável e com o nível de sal no ponto. Pareciam poucas. Mas como já referido, o atendimento é atento e trouxe outra travessa. Chegam elas, bem quentes e com muito bom aspecto. Não muito grandes, na medida ideal.


Primeira nota: pouco molho a embeber a Francesinha. O calor emanado é intenso, os pratos de barro podem queimar os mais distraídos. É iniciado o deleite. Atentos notamos que o pão demasiado mole não 'combina' com a qualidade do queijo. Queijo este de sabor suave e derretido no ponto. Ligeiramente queimado, ideal na nossa opinião. Avançamos para o recheio. Temos tudo e de boa qualidade. Na quantidade certa. Um bife bem temperado e de textura suave. Pedia-se apenas um bife um pouco mais alto.

O molho era nitidamente caseiro. Picante quanto baste e textura bastante agradável. Consistente e de cor apelativa. Claramente surpreendeu.
As expectativas foram superadas, mais um bom local para degustar uma boa Francesinha. Vale a visita para os mais curiosos, para os que se dedicam de estômago e paladar a este prato tão saboroso. Mesmo não estando entre as maravilhas deste Portugal a Francesinha é bem reconhecida e carinhosamente concebida pelos Portuenses. Até breve. Obrigado pelos comentários e sugestões, e para os mais desatentos já somos mais de 2500 no Facebook!

Parâmetros lmatias
rpinto
hvara
dalves TOTAL
Local 7 7 7 6 6.75
Molho 6 5 5 6 5.5
Batatas 7 7 6 7 6.75
Inovação 6 6 6 6 6
Ingredientes 7 7 7 7 7
Preço 7 8 7 8 7.5
PONTUAÇÃO FINAL 6.67 6.67 6.33 6.67 6.58
CUSTO TOTAL 7.0 €
Comments (3) Trackbacks (0)
  1. As melhores sem duvida alguma, tudo feito em familia e apelativo `as familias e mt mais,ambiente descontraido, agora com mais estacionamento e mudanças na parte do restaurante, coisinhas novas lol que mais se pode desejar.

  2. Deliciei-me! Fui lá hoje pela primeira vez, provar a dita Francesinha, e voltarei com toda a certeza. Fiquei saciada, mas era menina para repetir de tão boa que era! O meu marido também aprovou e bastante! O ambiente é simples e familiar. Feito no forno… divinal! E nota-se a preocupação em agradar o cliente. A rua (Travessa) é sem saída e com pouco movimento, mas dispõem de um local para estacionamento. Só não têm Multibanco. De resto, 5 estrelas!

    • Olá Sónia,

      É, de facto, boa…ainda não é comercial mas é um bom exemplo dos tesourinhos que andam por aí escondidos.
      Visita obrigatória para o adepto duma boa francesinha.

      LMatias


Leave a comment

(required)


*

Trackbacks are disabled.