Projecto Francesinha Um Projecto de bem comer a norte

25May/120

Ricardo 2 – Quando a esmola é grande…

Estamos de novo á solta. O Projecto Francesinha parte para mais um desafio. Inspirados pela famosa balada dos 'Journey' continuamos a nossa aventura. Hoje fomos ver os navios que 'estacionam' ali ao largo das praias de Leça da Palmeira. Um espaço muito falado pelos nossos leitores - Ricardo 2. Bem ali em frente aos depósitos da Petrogal.

Estacionamento fácil. Zona pacata e sem grande movimento, pelo menos a este dia da semana. Entramos e o espaço está praticamente vazio. Os funcionários estão entretidos com o que passa no pequeno ecrã. Orientamos uma mesa e montamos arraiais. Estamos prontos.

Chega o menu com um formtato diferente. As opções são imensam, mas optamos como sempre pelo normal. Francesinha com ovo e batata. Para facilitar a degustação e a confecção. Sem pedir chegam a mesa uns pratinhos. Para abrir o apetite. Rapidamente tudo se some. Ficamos a aguardar as Francesinhas...

Conversa puxa conversa. Tomamos consciência que um facto interessante... Este Projecto já caminha para os dois anos!

Chegam elas e começa o manjar. Tamanho imponente, parece quase um 'cachorro' de 'aba larga'. Com umas batatinhas de verdade em volta. Eram de qualidade mas em pouca quantidade. Souberam a pouco. Em oposto a Francesinha é enorme. Diríamos o dobro do 'normal'. Nada que nos assuste ou desanime. Avançamos sem hesitar.

No topo um queijo banal e um ovo. O bife estava muito mal passado, praticamente cru. Apesar de grande, ocupava toda a área de pão, era fino. Existiam várias rodelas de 'fiambrino' a acompanhar bem como uma salsicha fresca. Mas aquele pão era tanto que os ingredientes quase passam despercebidos... Falta ali algo que faça daqueles ingredientes uma Francesinha. Nem o molho, que normalmente tem esse poder supremo, consegue compor este ramalhete. Molho picante mas sem a textura desejada. Falta ali algum trabalho nos ingredientes escolhidos para a preparação do molho.

No fim, aquela sensação de se estar farto mas não satisfeito.

Pelo preço e pela oferta que existe bem perto não vale a visita. Fica aqui a nossa opinião de mais uma experiência. Continuem a enviar as vossas sugestões e comentários. Este Projecto vive de vocês para e para vocês.

Até breve!

Parâmetros lmatias rpinto hvara dalves TOTAL
Local 6 7 6 7 6.50
Molho 6 5 5 6 5.50
Batatas 6 7 7 7 6.75
Inovação 4 5 5 4 4.50
Ingredientes 7 6 6 6 6.25
Preço 5 5 5 5 5.00
PONTUAÇÃO FINAL 5.67 5.83 5.67 5.83 5.75
CUSTO TOTAL 9,40 €
Filed under: Uncategorized No Comments
15May/1213

Pajú – O Brio da Noite

francesinha-300x231

A cidade do Porto esconde mistérios curiosos. Alguns agradáveis, outros nem por isso....mas a verdade é que esta pontinha do oceano desperta a curiosidade de todos os povos europeus...talvez por ser clássica, talvez pelo seu toque tropical...ou simplesmente pela distância. Portugal é diferente. O Porto é diferente. Os Portuenses são diferentes. Não obstante, não é de admirar que o nosso prato oficial - a Francesinha - seja diferente. Muito mais que um prato, é um catalisador de histórias, de amizades, de convívio. Desde os convivas aos donos de restaurantes, passando pelos mais velhos, os mais novos, os mais vanguardistas, os mais cépticos...enfim, os mais velhos até...ninguém lhe fica indiferente. Nós não somos excepção e disso nasceu este projecto. Muitos outros vieram antes de nós... um deles é o dono do Paju, uma das mais carismáticas casas de petiscos da cidade do Porto.

Habituada aos holofotes estranhos que a noite portuense proporciona, o Paju é uma casa de petiscos tradicional à moda do norte que abre apenas de madrugada. (21h - 06h) diz a porta. Jornalistas, Professores, Enfermeiros e outros profissionais dos mais variados ramos que trabalham até altas horas da noite são frequentadores assíduos desta casa. De ambiente intimista - eu diria até privado -  o Paju destaca-se pela qualidade do seu atendimento e pelo recato do seu espaço. A porta está fechada...e ali só se entra depois de pressionar a campainha. Connosco não foi diferente... assim que nos sentamos, é-nos perguntada qual a entrada que desejamos..."uns ovinhos, vão?". Aí, conversamos mais um pouco enquanto já degustávamos uma cervejinha. Neste espaço, não há lugar para televisão mas sim para a conversa e para o debate de ideias e opiniões. Não é de estranhar então que a garrafeira (a qual não provámos) tenha uma elevada qualidade e quantidade ao nosso dispôr.
E em meio dedo de conversa aterram as ovas na nossa mesa... "feitas na hora, como todas as nossas entradas aqui". E que delícia eram aqueles ovos recheados de carnes de porco. Um must a não perder! As expectativas para a francesinha estavam então a subir. Seria isso bom? Ainda esperámos um pouco pela sua confecção...mas não demos um único segundo por perdido: eram um espectáculo. O molho grosso e saboroso deixava um sabor intenso - mas não irritante - na boca. As carnes estavam lá todas e de elevadíssima qualidade...caseiras, diria eu até. As batatas, cortadas e fritas na hora são o espelho da preocupação que esta casa tem em se manter fiel ao que tudo dela se vai por aí dizendo.

Um defeito? Para sermos justos...praticamente não tem. O pão era talvez um pouco baixo e um pouco fofo...e o queijo podia ser mais derretido. Mas é injusto dizer isto sem referir que o bife era fora de série. E o molho? Uma delícia, meus amigos...é disto que estamos à procura. No final, 9,25 eur. é caro...mas compensa. Atenção que toda a carta padece deste problema...um mal dos nossos restaurantes um pouco por todo o país.

Contudo, tendo em conta que é dos únicos restaurantes da cidade com este horário, o preço até acaba por não estranhar. Assim como não estranha que o nosso já idoso ranking seja abalado por este pitéu dos deuses. O Paju é o novo terceiro...parabéns Paju e um bem haja a todos os nossos seguidores. Descobrimos mais um templo das francesinhas...este projecto é uma delícia. Até já ;)

Parâmetros lmatias rpinto hvara TOTAL
Local 7 7 8 7.33
Molho 9 6 8 7.67
Batatas 8 6 7 7.00
Inovação 7 6 6 6.33
Ingredientes 8 7 9 8.00
Preço 7 7 7 7.00
PONTUAÇÃO FINAL 7.67 6.50 7.50 7.22
CUSTO TOTAL 9,25 €
Filed under: Uncategorized 13 Comments