Projecto Francesinha Um Projecto de bem comer a norte

29Aug/103

Pontual… como um Relógio

Em mais uma jornada do Projecto Francesinha, deixámo-nos ficar pelo centro do Porto para descobrir os encantos da Rua do Almada. Ao início, partimos desconfiados mas rapidamente encarámos o bom aspecto que o espaço apresentado como um bom presságio para os nossos intentos. Evidentemente que encomendámos de imediato a tradicional Francesinha, neste caso, "À Pontual", o equivalente à usual francesinha especial, com batata e ovo. Como a fome já apertava, deleitámo-nos antes com algumas entradas tais como rissóis, croquetes, tremoços e amendoins para acompanhar a cerveja que já naturalmente escorria.

Entrada do Snack Bar PontualSem grandes aprontos e manias fotogénicas, a francesinha aparece uns 20 minutos depois, quentinha como o empregado avisara. Pela apresentação, parecia pequena mas revelava-se com uma linguiça bastante robusta e um queijo muito apetecível. O molho era consistente o que coloca esta francesinha como uma das melhores que já comemos. O bife era bom mas não se perdia nada se fosse mais "alto". Pena que o empregado nos tenha atendido com pouca atenção: não aceitou dividir o nosso troco obrigando-nos a fazer contas cá fora. Contudo, a opinião fora unânime: estávamos perante uma boa francesinha. Pontual...como um Relógio :)

Parâmetros lmatias
rpinto
hvara
dalves TOTAL
Local 6 6 4
4 5
Molho 8 3 9 8 7
Batatas 7 6 7
6 6.5
Inovação 7 5 6 5 5.75
Ingredientes 8 7 8 8 7.75
Preço 7 7 8 7 7.25
PONTUAÇÃO FINAL 7.17 5.67 7.00 6.33 6.54
CUSTO TOTAL 12 €
Filed under: Francesinhas 3 Comments
26Aug/1050

Prefácio da Batata

Bem, como alguns poderão saber, este projecto teve início antes do blog...mais concretamente no dia 22 de Junho de 2010, na visita ao Alicantina, na Rua de Campo Alegre. Desde aí, não mais parou. Restaurante Cufra, Café Novo, Bufete Fase, Restaurante Afonso, Confeitaria Cunha e Café Santiago foram os espaços que se seguiram. Foi aí que decidimos lançar este blog e partilhar as nossas descobertas convosco. Todos estes espaços podem ser encontrados no mapa do Projecto Francesinha, que nós actualizamos regularmente.

Café Santiago Bufete Fase Cervejaria Cufra

Podem verificar neste post várias fotos de francesinhas (desculpem por não termos do Café Novo). Para classificarmos as diferentes francesinhas, definimos um conjunto de 6 parâmetros avaliados de 0 a 10: Molho, Ingredientes, Local, Batatas, Inovação e Preço. O Molho e Batatas são óbvios, daí não merecerem explicação. O Preço também o é, sendo penalizada a francesinha que seja excessivamente cara e beneficiada a mais barata. Nos ingredientes, beneficia-se claramente a presença de diferentes carnes, qualidade do queijo entre outras iguarias. No Local, avalia-se não só a qualidade do restaurante, bem como a apresentação, beleza e qualidade de atendimento. Finalmente, a Inovação é uma novidade neste campo, tentando verificar se a receita da francesinha praticada é, ou não, uma evolução em relação à original e se esta é, ou não, uma boa inovação.

Confeitaria Cunha Alicantina Restaurante Afonso

A pontuação do ProjectoFrancesinhas será uma média destes 6 parâmetros votados por cada um dos nossos autores :) . Uma vez que o blog apenas iniciou agora a sua actividade, vamos apenas apresentar uma pontuação por francesinha. Espero que nos sigam atentamente nos próximos tempos para acompanharem o roteiro do projecto. Podem colocar qualquer dúvida ou sugestão através do seguinte e-mail: projectofrancesinha@gmail.com. Seguem então as pontuações destas sete francesinhas:

Parâmetros Cunha Alicantina Cufra Novo Afonso Santiago Fase
Local 7 8
8 5 6 5 5
Molho 4 7 6 5 7 8 8
Batatas 3 6 5 6 6 6 7
Inovação 4 6 5 5 7 5 6
Ingredientes 3 7 7 5 7 8 8
Preço 6 7 5 7 7 8 7
PONTUAÇÃO FINAL 4.5
6.83 6.00 5.50 6.67 6.67 6.83
CUSTO TOTAL 13.1 € 12 € 12 € 7 € 11.6 € 10.5 € 9.7 €
Filed under: Francesinhas 50 Comments
25Aug/108

Projecto Francesinha: Um Roteiro

Nós somos um grupo de amigos que decidiu criar este Blog por vários motivos...entre os quais descobrir quais as melhores francesinhas de Portugal. Como o fazemos? Simples: basicamente, vamos comê-las todas! :) Não de uma vez, mas faseado. E depois vamos dar a nossa opinião séria, honesta e responsável. Espero que acompanhem este verdadeiro roteiro gastronómico deste prato tão típico do Norte do País :)

Filed under: Uncategorized 8 Comments